LOTE 001

Terreno em Gaspar/SC com 1.007,25m2 e aproximadamente 300,00m2 de área construída.

As fotos são meramente ilustrativas
Aguarde Abertura
MAIOR LANCE NO MOMENTO

LANCE INICIAL

R$ 314.400,00

visualizações: 421
encerra em:
00 dia(s), 00 h : 00 m : 00 s
Data do encerramento
Início do Leilão
04/10/2021 às 09:00
1ª Vara do Trabalho de Blumenau/SC
LEILÃO JUDICIAL
Online
Valor de Avaliação: R$ 524.000,00
Encerramento: 28/10/2021 16:00
Lance Inicial: R$ 314.400,00
Local do Leilão: ELETRÔNICO

Últimos Lances

Detalhes do Lote
Compartilhar:    

Comitente: Justiça do Trabalho de Santa Catarina

Cidade: Gaspar/SC
Endereço: Rua João Benigno de Oliveira, 401
Descrição: O terreno situado em Gaspar/SC, à rua João Benigno de Oliveira, contendo a área de 1.007,25m2, do desmembramento sem denominação especial, de forma irregular, limitando-se na frente em 7,50m. com o virador da Rua João Benigno de Oliveira, fundos em 28,40m. com terras de Serginho Berkembrock; lado direito em 3 linhas, primeira linha em 13,04m. com terras de Serginho Berkembrock, a segunda linha em 20,68m com terras de Serginho Berkembrock, e a terceira linha em 19,44m. com terras de Serginho Berkembrock; e do lado esquerdo em 45,01m. com terras de Nivaldo Francisco Pereira. (O terreno acima descrito corresponde a uma fração do imóvel matriculado sob o n. 22.124, no Ofício do Registro de Imóveis de Gaspar/SC).
OBSERVAÇÃO: O imóvel possui uma área de aproximadamente 300,00m2 de área construída, onde funcionava a empresa.

Processo: ATOrd 0000082-74.2017.5.12.0002
Vara: 1ª Vara do Trabalho
Comarca: Blumenau/SC
Exequente: Giseli Mallmann Krieck
Executado: Frios Berkembrock Ltda. - EPP e Outros(2).
Localização do Imóvel

Endereço: Rua João Benigno de Oliveira, 401 - Gasparinho
Cidade: Gaspar / SC - CEP: 89112-319

Observações do Lote

01)Não consta registro de matrícula em relação ao terreno;
02)O pagamento dos encargos relativos a propriedade (transferência patrimonial) e/ou obrigações referentes a desmembramentos, aberturas de matrículas, averbações, bem como quaisquer ônus referentes a regularização de área e edificações, correrão por conta do arrematante.